Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 24 de fevereiro de 2013

mensagem 240213 - gran colar para renan banana para o povo

confesso que não há surpresa na matéria veiculada pela folha de são paulo:
http://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2013/02/23/tribunal-concede-medalha-a-renan-calheiros/
onde é dada à população a notícia fúnebre:

"TJDFT - Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios",
decide agraciar com a sua mais alta distinção renan calheiros, um homem
com ficha corrida. e com o nosso dinheiro.
com todo o respeito que é devido às autoridades, sejam elas quais forem,
senhores, vejo neste ato um desrespeito a quem de fato lhes paga seus
salários.

"Os agraciados são indicados pelos Desembargadores do TJDFT, Juízes,
Diretores dos Fóruns e o Secretário-Geral do TJDFT, e os nomes são
aprovados pelo Conselho Tutelar da OMJDFT."

não bastasse a ficha corrida do "indivíduo", temos um abaixo assinado
que, aos moldes do que determina a nossa legislação, pede a cassação
desse que denigre a imagem do povo brasileiro.
mas os senhores resolveram, antes, agraciá-lo.
creio, senhores servidores públicos, descritos como indicadores e os
descritos como aprovadores, que esse ato seja considerado crime de
"lesa-pátria" em qualquer tribunal sério, presidido por homens sérios
que valorizem a quem verdadeiramente lhes paga.
não sei quais as atitudes que outros agraciados na mesma ocasião tiveram.
sei, no entanto, que homens de bem considerariam uma desonra receber
"honrarias de papel higiênico".
que diferença, senhores do judiciário, esta atitude em comparação com a
de um nobre membro de pouco tempo atrás.
não precisaria sequer citar-lhe o nome, bastando citar apenas umas
poucas palavras:

"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes
nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da
honra, a ter vergonha de ser honesto." (Senado Federal. Rio de Janeiro,
DF - Obras Completas de Rui Barbosa. V. 41, t. 3, 1914. p. 86)

o nobre e distinto rui barbosa aceitaria tal honraria em tal situação?
creio que todos os senhores têm a resposta na ponta da língua:... "não!"
esse homem a quem vocês estão honrando à custa do "aerarium", trata-se
tão somente de "personae non gratae" ao próprio povo brasileiro, que
demonstrou, no abaixo assinado entregue com aproximados 1.6 milhões de
assinaturas, esse fato.
onde está o respeito a quem lhes paga os soldos e vencimentos?

desnecessário é aos senhores o esclarecimento abaixo, mas o faço tão
somente como esclarecimento aos que lerão esta mensagem e talvez não
entendam a gravidade do ato de vossas senhorias.

"conforme o parágrafo segundo do art. 61 da constituição federal que diz:
§ 2º A iniciativa popular pode ser exercida pela apresentação à Câmara
dos Deputados de projeto de lei subscrito por, no mínimo, um por cento
do eleitorado nacional, distribuído pelo menos por cinco Estados, com
não menos de três décimos por cento dos eleitores de cada um deles."

assim, o abaixo assinado tem validade constitucional e é a representação
de uma camada importante do eleitorado.
creio, senhores, que lhes resta um desagravo ao povo brasileiro que,
além de tudo, teve que pagar mais essa orgia nababesca.
talvez lhes deixe estupefatos ao dizer que é uma "orgia nababesca" a
entrega de uma medalhinha.
muito bem, analisemos então:
foram envolvidos nesse agraciamento, uma gama muito grande de
funcionários de alto escalão, cujos salários hora/homem/trabalho são
extremamente onerosos aos cofres públicos;
também houve uma cerimônia de entrega, onde naturalmente havia de mestre
de cerimônias até porteiros, guardadores profissionais de veículos,
local para o evento (envolvendo, luz, água, comida, segurança adequada
ao grande número de personalidades presentes, etc...)
isto não levando em conta uma série de outros custos.
a pergunta que não quer calar:
os senhores acham mesmo que seus cargos lhes foram delegados para
homenagear alguém que o povo repudia com, repito, aproximados 1.6 milhão
de assinaturas?
de fato, o governo brasileiro, bem como toda a sua estrutura, com seus
poderes centrais, judiciário, legislativo e executivo, estão totalmente
corrompidos. - (ely silmar vidal - teólogo, jornalista e psicanalista -
skype: siscompar - fones: (tim) 041-41-9820-9599 - (claro) 41-9821-2381
- (vivo) 41-9109-8374 - mensagem 240213 - gran colar para renan, banana
para o povo)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:

(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:
http://www.elyvidal.com.br

Nenhum comentário: